08 dezembro 2011

7 efeitos/técnicas que todos os fotografos deveriam saber

Edição de imagens e fotografia são duas coisas que estão intimamente ligadas. E por isso, saber tirar uma foto com os efeitos certos pode te poupar um grande trabalho na hora da pós-produção no GIMP.




A primeira vista, fotografia parece algo simples, basta apontar a câmera e clicar. A realidade é que todos podem tirar uma foto, mas nem todos sabem dominar a habilidade de tirar uma boa foto. A arte da fotografia vai muito além de apontar e clicar, é preciso ter paciência e habilidade.

Seja você um estudante de fotografia ou um entusiasta, é preciso se acostumar com certos termos técnicos da fotografia e entender as suas funções e características. Aqui falaremos de efeitos que usam estas características das câmeras, características estas que nem todas as câmeras amadoras permitem modificar, como tempo de exposição, velocidade do obturador, entre outros. Dê uma olhada no manual da sua câmera pra saber o que ela permite ou não modificar.



- Alto tempo de exposição

Você já deve ter visto fotos como essas:



É muito fácil fazer um efeito desses, basta colocar a câmera imóvel num tripé, aumentar o tempo de exposição consideravelmente, e esperar os carros passarem. O alto tempo de exposição vai capturar todas as luzes e o movimento delas, causando esse efeito impressionante. Veja alguns exemplos:




- Efeito Panning



Com o efeito panning você é capaz de mostrar que a pessoa/objeto na qual você esta focando está em movimento. Esse efeito é muito usado em propagandas de carros, pois dão a sensação de que o veículo anunciado é rápido, esportivo e ágil, mas não se limita a isso, já que você pode criar fotos muito interessantes com esses efeitos.

Para fazer esse efeito você vai precisar mudar o tempo de exposição/abertura da sua câmera para um tempo maior. Depois basta tirar a foto seguindo o objeto em movimento enquanto clica. É importante que você se mova junto com o objeto, no visor da sua câmera ele deve permanecer praticamente imóvel numa região do inicio ao fim do "clique". Para ter resultados melhores treine constantemente pra se habituar com diferentes tempos de exposição, já que um tempo de exposição x pode não ser bom em determinada situação, mas em outra sim. Use sempre a função de foco-automático da sua câmera, afinal tudo vai acontecer em muito pouco tempo, e por isso você não vai ter tempo pra se preocupar em manter o objeto focalizado.

O que acontece? O alto tempo de exposição vai focalizar tudo aquilo que parecer imóvel na cena, e borrar todo o resto, criando o famoso efeito. Por isso da importância de fazer um movimento que deixe o objeto a ser fotografado praticamente imóvel no visor.

Realmente o efeito panning é muito difícil de ser feito de inicio e exige muita prática, mas quando conseguir domina-lo, vai conseguir tirar fotos muito impressionantes. E é verdade que você pode fazer isso no GIMP (com filtros de desfocagem e outros), mas fazer isso direto na fotografia economiza tempo e deixa o efeito muito mais natural.



- Efeito Bokeh

O efeito bokeh (nome que veio da pronuncia japonesa de "blur") se refere a usar a falta de foco para criar efeitos interessantes. Veja uns exemplos:


Pois é, o bokeh é um efeito muito fácil de ser feito, basta focalizar um objeto de maneira que um fundo claro (de preferencia com luzes) fique desfocado. Mas tenha cuidado para não exagerar no uso desse efeito, o fundo desfocado não pode ser mais chamativo que o objeto em foco, no máximo devem se complementar.

Bokeh personalizado: você também pode usar filtros na sua lente para deixar as luzes desfocadas com um formato de coração por exemplo. E você mesmo pode fazer seus filtros usando coisas do dia-a-dia como cartolina e tesoura, dê uma olhada nesse tutorial aqui que explica exatamente como você pode fazer isso. Veja dois exemplos:



- Regras dos Terços

Essa é uma técnica simples, usada desde os tempos mais antigos (principalmente em pinturas), e com bons resultados. Ela se trata de dividir a tela em três partes horizontais e outras três partes verticais, e focalizar o objeto no cruzamento entre 4 dessas partes. Veja o exemplo abaixo:



Na esquerda temos a divisão do espaço em 3 partes verticais e 3 partes horizontais, e em vermelho o cruzamento desses pontos. Observe o homem está posicionado exatamente sobre 2 desses pontos, e não é atoa. Segundo a regra dos terços, ao posicionar o objeto principal em um desses pontos, a foto aparenta ser mais natural e agradável para as pessoas.

A origem da regra dos terços ainda gera controvérsias, mas o fato é que ela segue a famosa proporção áurea, proporção que se repete em várias partes e momentos da vida dos seres vivos e também no universo, e que por conta disso também é chamada de "proporção divina". A proporção divina também faz muito sucesso com os designers, sendo usada para deixar os seus projetos mais harmoniosos para o olho humano. Enfim, não se sabe o por que da proporção divina funcionar tão bem, mas funciona!


- A Hora Mágica

Um dos grandes segredos fotográficos é a hora mágica, hora na qual a luminosidade do sol é a ideal para tirar aquela excelente foto de paisagem. A famosa hora varia de meia-hora antes até meia-hora depois do nascer e por-do-sol. A hora exata varia de local pra local, pois o por-do-sol e nascer-do-sol acontecem em momentos diferentes dependendo do lugar e do dia, mas você pode descobrir o horário exato do nascer e por do sol em sites de meteorologia, por exemplo. Veja dois exemplos:



- Flash para equilibrar a luz

Muitos acreditam que o flash serve apenas para aquelas fotos noturnas, mas não é bem assim, o flash é também muito útil para acabar com as sombras quando se tem uma fonte de luz muito forte sobre o objeto, como o sol ou uma luminária. O uso certo do flash vai deixar as suas fotos, sejam num estúdio ou numa praia, com cara mais profissional. Veja exemplos:





- Efeito Contre-jour

"Contre-jour" significa "contra a luz" em francês, e é disso que esse simples efeito trata: tirar fotos de um objeto/pessoa contra a fonte de luz, isso cria um efeito que destaca a silhueta das pessoas e objetos, criando um efeito nostálgico. Como todos os efeitos, esse também exige prática, mas vale a paciência. Veja alguns exemplos:




Espero que essas dicas tenham sido úteis pra você conhecer melhor o mundo da fotografia e edição de imagens, abraço!



.......

-->

18 comentários :

  1. Muito Boas as dicas...estou Amando o site...Parabens

    ResponderExcluir
  2. Muito Boas as dicas...estou Amando o site...Parabens

    ResponderExcluir
  3. Muuuuuuuito bom!!!

    ResponderExcluir
  4. Muito Boas as dicas...estou Amando o site...Parabens

    ResponderExcluir
  5. Muito Boas as dicas...estou Amando o site...Parabens

    ResponderExcluir
  6. Excelentes dicas ,irei praticar cada uma delas,muito obrigado!!

    ResponderExcluir
  7. muito bom adorei aqui parabéns !!!

    ResponderExcluir
  8. Perfeito deu boas ideias já que vou para Ilha Grande este fim de semana "Casamento na Praia"
    parabens.

    ResponderExcluir
  9. eu possuo uma pagina de fotografia tiradas com Lumia520 busca lá no facebook #VisioneFotografia

    ResponderExcluir
  10. Eu amei demais suas dicas vou praticar munto 🎥📷📹 amo fotografias

    ResponderExcluir
  11. As dicas são ótimas, mesmo.O complicado, enquanto tentamos acertar uma ou outra técnica, é aguentar as pessoas em volta nos criticando e sugerindo fazer um curso básico de fotografia para aprender...

    ResponderExcluir
  12. Muita boa a postagem, concerteza me ajudou muito na minha fan page /Illustres.

    ResponderExcluir
  13. Parabéns pela facilidade em transmitir estes conhecimentos. Obrigado pelas dicas.

    ResponderExcluir
  14. Muito Top tudo adoro Parabéns está Ótimo

    ResponderExcluir
  15. São informações preciosíssimas para os que vêem a fotografia uma arte, cuja criatividade parece ser infinita. Muito obrigado por este presente! Abraço!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...