Este é um modo simples de se criar texturas desse tipo, no GIMP:

A maioria dos recursos necessários para criá-la já estão presentes no programa: você só precisará instalar uma configuração do filtro Gimpressionista, criada por mim, chamada KuruRock.  Ela está disponível aqui. Aproveite para instalar os degradês incluídos no pacote!

Abra o Gimp e crie um novo arquivo, com fundo branco, cores RGB. Nesse exemplo, meu arquivo contém 583×350 pixels, com 300 dpi. Importante: no momento, trabalharemos apenas com as cores preta e branca, então, selecione qualquer ferramenta que não seja a de texto e aperte a tecla D: isso fará com que as cores de Frente e de Fundo, presentes na Barra de Ferramentas, assumam as cores-padrão, o preto e o branco, respectivamente.

Feito isso, dê um duplo clique na Ferramenta Mistura (1) e configure conforme mostrado na figura 2: escolha o Modo Normal, com Opacidade de 100% (A). Selecione o degradê “Frente para Fundo RGB” (B), forma “Radial” (C). O restante fica de acordo com a imagem. Escolha uma direção para aplicar o degradê: no meu caso, eu apliquei no sentido diagonal, do lado superior esquerdo até o canto inferior direito, como indicado na figura 3…mas você pode escolher a direção que desejar.

A figura 4 mostra como ficou. Até aí, nada de extraordinário. Volte nas configurações da Ferramenta Mistura e mude apenas o Modo, de: Normal para: Diferença (5). Agora, você deverá aplicar o degradê no sentido contrário ao que aplicou antes. No meu exemplo, como eu apliquei do lado superior esquerdo até o canto inferior direito, então, aplico agora do lado inferior direito até o canto superior esquerdo (3).

Veja o resultado (7). O modo Diferença dá esse efeito interessante, quando você aplica degradê sobre degradê. Agora, escolha outra direção e aplique…eu apliquei na direção indicada na figura 8.

Como antes, faça uma nova aplicação na direção oposta (9). Vá aplicando dessa forma, varias vezes, sempre variando as direções… até conseguir uma imagem interessante, como a exibido na figura 10. Obviamente, você não obterá uma aparência rigorosamente igual, nem esse é o objetivo! O que queremos, aqui, é obter uma boa base para a construção da textura.

Agora precisamos criar uma camada e colorizá-la. A maneira mais prática e rápida de obter isso é aplicando um degradê nessa nova camada. Volte às configurações da Ferramenta Mistura (11) e torne a mudar o Modo para: Normal (A). Escolha um degradê a seu gosto (B). Nesse exemplo, estou empregando um dos degradês do pacote, o terceiro da série “Noite”. Em “Forma”, escolha “Linear” (C), ficando as demais opções (D) de acordo com a figura. Na janela de camadas (12), crie uma nova camada (A), se já não o fez… e aplique o degradê no sentido vertical, de cima para baixo (13).

Vá em Filtros/Mapear/Deslocar. No quadro de diálogo (14), certifique-se de qua opção Pré-visualização (A) esteja marcada. Configure um valor igual para os Deslocamentos “X” e “Y” (B). Eu coloquei 125…ponha outro se preferir. Escolha a camada “Fundo” para os dois (C) e deixe as opções indicadas em D e E de acordo com a figura. Clique em OK (F) para fechar o quadro.

Um resultado bem artístico (15)… porém, buscamos uma textura mineral, logo, deveremos mexer mais na imagem. Vá em Filtros/Artísticos/GIMPressionista (a esta altura, claro você já deve ter baixado e instalado minha configuração desse filtro, veja no começo do tutorial). No quadro (16) escolha “KuruRock” (A), clique no botão Aplicar, à direita (B) e no botão Atualizar, no canto esquerdo do quadro (C). Por fim, dê OK para aplicar.

A “KuruRock”, por si, não dá um efeito tão notável (17), devemos alterar o modo da camada. Veja o que mais lhe agrade, eu gostei do modo “Extrair grãos” (18). Poderíamos encerrar neste ponto (19), mas vamos experimentar mais além.

Duplique a camada do degradê (20), basta clicar no quarto ícone, na base da janela de camadas (círculo vermelho).Shift+Ctrl+F, esse atalho abrirá novamente o quadro de diálogo do último filtro utilizado, no caso, o GIMPressionista (21). Escolha o “Painted_Rock” (A). Clique no botão Aplicar, à direita (B) e no botão Atualizar, no canto esquerdo (C). Dê OK para aplicar. Altere o modo da camada-cópia e a opacidade (22), eu configurei para “Mesclar grãos” e 62,5%, respectivamente (B), incrementando um pouco mais a aparência da textura (23).

Estamos quase terminando. Vá em Editar/Copiar como é visto (24) e em seguida, em Editar/Colar como (25). selecione a opção: Nova camada. Esses comandos farão o Gimp criar nova camada contendo o conteúdo mesclado de todas as camadas abaixo (26), sem necessiadade de você combinar todas as camadas. Vamos, agora, em Filtros/Mapear/Deslocar. No quadro de diálogo (27), eu mantive os valores utilizados, anteriormente, nos Deslocamentos “X” e “Y” (A). Mude esses valores, caso sinta vontade. Em B, você pode escolher entre as camadas  “degradê”, “cópia” e a camada “Fundo”, veja qual delas dá uma aparência melhor. O restante (C) fica como estava e clique em OK (D) para fechar o quadro.

Basta, agora, alterar o modo e a opacidade da camada, a seu gosto (28). Eu optei pelo “Extrair grãos” e 50%, respectivamente. O resultado está na figura 29.

Eis uma outra experiência. Tratei a camada Fundo, como explicado no início do tutorial (compare a figura 30, abaixo, com a figura 10) e, na camada acima, apliquei o degradê: Terra (31), também disponível no meu pacote.

A figura 32 mostra o resultado após a aplicação do filtro GIMPressionista (“KuruRock”) e o modo de camada e opacidade escolhidos. Na figura 33 estão retratados alguns passos adiante.

Ao final, eu selecionei o modo: “Super-exposição”, com opacidade de 50% (34), ele me pareceu mais eficiente para o resultado final (35).

Veja também:
Shapes (Vetores) no Gimp
Botão de Vidro no Inkscape